Benefícios de praticar Pilates para Idosos

Pilates para Idosos: como o Método melhora a vida da terceira idade

Vamos entender, exatamente, como o Pilates para Idosos traz benefícios à este grupo? Leia o post:

Você sabia que, até 2026, o Brasil será o sexto país com mais idosos no mundo, segundo o IBGE?

Essa premissa é resultado do aumento da expectativa de vida.

Isso faz com que cada vez mais a terceira idade se preocupe com suas condições e qualidade de vida.

Envelhecer é um processo involuntário, e acarreta na deterioração progressiva de diversos sistemas do nosso corpo.

Porém, para envelhecermos com tranquilidade, saúde e energia, é preciso estarmos atentos à saúde e incluir a prática dos exercícios físicos certos na rotina.

E é aí que o Pilates para idosos se destaca!

Poucos sabem, mas muitos especialistas descrevem o Pilates como uma atividade perfeita para idosos, pelos diversos benefícios que iremos descrever aqui.

Isso porque a falta de cuidados e dos movimentos certos podem trazer inúmeros malefícios, como:

1) Dores;

2) Risco de queda mais facilmente;

3) Dependência de terceiros;

4) Acometimentos neurológicos, como o Alzheimer, o Parkinson;

5) Derrames cerebrais e outros males.

Quais são os exercícios indicados para idosos?

Durante o envelhecimento, nós perdemos massa muscular, a densidade óssea diminui e nosso metabolismo desacelera.

Isso faz com que fiquemos, gradativamente, mais vulneráveis à inúmeras doenças e patologias, especialmente nas articulações, coração e coluna.

Se não damos a devida atenção para isso, a tendência é termos cada vez mais problemas, não apenas físicos, mas também mentais e psicológicos.

Afinal, é difícil manter o mesmo ritmo de vida quando seu corpo já não o acompanha na mesma velocidade.

Por isso, praticar atividades físicas e se manter ativo é essencial durante a terceira idade, isso tanto para a saúde física como para a mental.

Para entender quais são os exercícios mais indicados para idosos, e para o seu caso especificamente, recomendamos sempre procurar um profissional que seja especialista, para que possa aplicar a melhor atividade para você.

O Pilates, por ser uma técnica global que respeita as individualidades de cada aluno, é uma das modalidades mais recomendadas por especialistas.

Quando se pratica Pilates para Idosos, o corpo ganha mais condicionamento. 

Além de fortalecer os músculos e melhora a flexibilidade e o equilíbrio e sanar diversas patologias e dores.

Benefícios do Pilates para Idosos

Certo. Mas por que, afinal, o Pilates para idosos é tão recomendado?

Isso é porque o Método vai muito além de uma série de exercícios.

É uma técnica de reeducação do movimento, que visa trabalhar o corpo todo, trazendo equilíbrio muscular e mental.

Combina exercícios com baixo impacto e trabalha os músculos específicos a cada necessidade.

Por trabalhar vários grupos musculares ao mesmo tempo, através de movimentos suaves e contínuos, o Pilates para idosos promove:

  • Coordenação;
  • Fortalecimento;;
  • Melhora do equilíbrio
  • Conservação da massa muscular;
  • Melhora no condicionamento cardiovascular;
  • Postura;
  • Prevenção e tratamento de patologias comuns na terceira idade.

 

Benefícios do Pilates para idosos.

O Pilates pode ser realizado tanto para garantir condicionamento físico de uma pessoa saudável, quanto para reabilitar os indivíduos que possuem algum tipo de lesão.

Quando o Método é aplicado na terceira idade, os benefícios também são garantidos, ajudando na prevenção de diversas doenças e ajudando a ter uma vida mais saudável.

Separamos, abaixo, alguns dos principais benefícios do Pilates para idosos:

Reduz as dores

Quando se pratica Pilates na terceira idade, o corpo todo se movimenta, trabalhando todas as articulações de uma só vez.

 

Desta forma, o indivíduo garante uma melhor estabilidade do corpo e as dores desaparecem.

Previne lesões
Na terceira idade as lesões podem ser mais comuns, devido aos desequilíbrios que causam quedas e aos desgastes que ficam mais propensos nesta fase da vida.

Com as aulas de Pilates, você fortalece seu corpo e garante condicionamento físico.

Dessa forma, as lesões desaparecem e as chances de surgirem novas é muito menor.

Corrige a postura
Com a chegada da terceira idade, o corpo muda e a coluna tende a “envergar”, causando má postura – que pode levar à mais dores e patologias.

Os movimentos do Pilates para idosos fortalecem diretamente a coluna e trabalham a consciência corporal.

O resultado? Uma postura naturalmente correta e você muito mais livre de dores e complicações futuras!

Fortalece o corpo
Quando o corpo alcança a terceira idade, ele se torna mais frágil e vulnerável.

Praticando Pilates, o indivíduo fortalece seu corpo e ganha mais energia para realizar suas tarefas do dia a dia.

Evita doenças e trata as patologias já existentes
Não é exagero quando dizemos que o Pilates atua positivamente em todas as áreas da vida do idoso.

Os exercícios fortalecem as regiões do corpo que se encontram mais fragilizadas e previne patologias não apenas físicas, mas mentais também, como a osteoporose e o Alzheimer.

Aumenta o equilíbrio

Com a chegada da terceira idade, o corpo perde força e isso afeta o equilíbrio do corpo, deixando a pessoa mais propensa à quedas.

O Pilates para idosos promove força, assim, seu equilíbrio é restaurado e as chances de sofrer quedas são bem menores.

Melhora a atenção
É normal, na terceira idade, ficarmos mais dispersos. Mas, quando isso acontece frequentemente, isso pode prejudicar e muito as tarefas diárias.

Com as aulas de Pilates para idosos, nós trabalhamos a concentração, para entender os movimentos propostos e realizá-los corretamente.

Exercitando a concentração, o aluno se beneficia não só na hora de praticar o Método, mas também no seu dia a dia.

Contraindicações do Pilates para Idosos

O Método, em si, não tem contraindicações – independente de quão ativo ou patológico seja o idoso.

O Pilates para idosos pode trazer benefícios para o idoso ativo, que já pratica atividades físicas regulares.

Como também, para um idoso com limitações de movimento, por exemplo.

O que entra em questão aqui é o cuidado e a prescrição correta dos exercícios.

Por conta disso, sempre procure aulas com um instrutor e siga corretamente suas orientações.

Por exemplo, se você é um idoso com dificuldade de equilíbrio, seu instrutor irá identificar isso.

Logo, ele não irá passar exercícios com risco de queda – e sim, exercícios que estimulem este déficit.

Durante as aulas, o seu instrutor irá te avaliar e entender quais exercícios você está apto ou não para executar.

Assim como analisar quais são os melhores movimentos para o seus objetivos, quais suas limitações e como avançar durante as aulas.

Por que as pessoas buscam o Pilates?

  • Fortalecimento dos Músculos 80% 80%
  • Melhora na Flexibilidade 50% 50%
  • Aumento da Concentração 75% 75%
  • Auxilia no Emagrecimento 60% 60%

Pilates na prevenção de quedas em Idosos

Como já visto anteriormente, o Pilates para idosos trabalha diretamente no ganho de força e equilíbrio.

Além de diminuir o risco de quedas nas atividades diárias.

No entanto, as aulas de Pilates para idosos vão um pouco mais além.

O instrutor de Pilates, por já ter experiência e pensar no bem-estar do idoso além das aulas, também irá orientá-lo, assim como seus familiares, sobre os riscos de queda e suas consequências.

Ele irá informar as condições seguras na casa e no dia a dia do aluno idoso.

Antecipando e sanando fatores de risco ambientais e comportamentais da rotina do aluno.

Devo fazer aulas de Pilates quantas vezes por semana?

Com acompanhamento de um instrutor especializado, o Pilates não tem contraindicações!

Isso quer dizer que você, mulher, pode fazer aulas de Pilates todos os dias, se quiser – e sentir os benefícios do Pilates para mulheres em cada uma delas.

No entanto, uma frequência de aulas de uma ou duas vezes por semana já é o suficiente para conquistar resultados com o Método.

Também é importante pensar no tipo de aula de Pilates que se adequa melhor à sua preferência.

Aulas personalizadas, com dedicação total do instrutor para você no momento da aula, ou aulas em grupo.

Pilates para Idosos Obesos

Idosos que não praticam exercícios físicos e não possuem uma alimentação balanceada podem vir a ter um aumento no tecido adiposo (o famoso sobrepeso).

Isso gera uma série de complicações, como aumento do risco de doenças do coração. 

Atém mesmo metabolismo bagunçado, podendo levar à doenças graves, como diabetes.

Para esses casos, mais do que nunca o Pilates para idosos obesos é indicado.

Uma vez que, se trata de exercícios de baixo impacto, protegendo as articulações que sofrem com a sobrecarga.

Pilates para Idosos com Osteoporose

As aulas de Pilates para Idosos com osteoporose são extremamente indicadas, pois trazem benefícios múltiplos, como:

  1. Melhora da consciência corporal;
  2. Melhora da coordenação motora;
  3. Equilíbrio;
  4. Aumento da força muscular.

Essas condições são essenciais para a prevenção de quedas e evitar fraturas.

Além disso, as aulas promovem a formação óssea, muito importante em idosos com osteoporose, além de ajudar com a postura.

Por fim, o Pilates para idosos com osteoporose se torna uma das modalidades mais indicadas.

Por conta do risco de fraturas em algumas regiões e movimentos, o acompanhamento do instrutor é primordial.